segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Skyr - o iogurte da moda

Olá!

Não podia deixar de comentar sobre o novo iogurte da moda, de origem Islandesa, feito a partir de leite magro fermentado. Como é baixo em gordura e tem um elevado teor de proteínas, tem vindo a ganhar terreno e está a tornar-se popular, sobretudo, entre desportistas. 

Pessoalmente, não adorei o sabor e a consistência é demasiado espessa para mim. Mas, não posso negar, que a nível nutricional, tem algumas vantagens, quando comparado com outros iogurtes naturais (não vou falar dos de sabores, pois não sou a favor de nenhum). 

Vamos analisar rótulos!

Informação nutricional/100g Skyr
Milbona
Grego
Milbona
Grego
Milbona Magro
Grego Danone Grego 
Nestlé
Grego 
Nestlé Ligeiro
Danone (embalagem azul)
Valor energético 65 kcal 121 kcal 56 kcal 122 kcal 114 kcal 56 kcal 58 kcal
Gorduras,
das quais saturadas
0,2 g
0,1 g
10 g
6,6 g
2 g
1,3 g
10 g
6,3 g
9,3 g
6,2 g
0,5 g
0,1 g
2,9 g
1,8 g
HC,
dos quais açúcares
4,1g
4,1 g
3,2 g
3,2 g
4,2 g
4,2 g
3,6 g
3,6 g
4,1 g
3,8 g
7 g
6,7 g
4 g
4g
Proteínas 11,8 g 4,6 g 5,8 g 3,8 g 3,4 g 6,4 g 3,2 g
Sal 0,10 g 0,10 g 0,10 g 0,10 g 0,20 g 0,22 g 0,13 g

Vejamos esta tabela, e podemos já colocar de parte os gregos normais da Milbona, Danone e Nestlé. Todos eles têm uma quantidade de gordura muito elevada e com um teor proteico pouco significativo.  O único que ainda tem um valor proteico um pouco mais aceitável é o da Milbona. 
Um iogurte natural normal consegue ter muito menos gordura e quase o mesmo teor proteico. Mais vale optar por este!

Então, vamo-nos focar no Milbona Skyr e nos gregos magros (Milbona e Nestlé)! 
A conclusão a que se chega é que o Skyr, tem um valor energético ligeiramente acima dos restantes, mas uma quantidade de gordura um pouco mais baixa e o dobro das proteínas. 
Isto não significa que a partir de amanhã temos de ir a correr ao Lidl (hipermercado que comercializa  os iogurtes da marca Milbona) para abastecer o frigorífico (até porque estão esgotadíssimos). Ficarão igualmente bem com os gregos magros ou mesmo o iogurte natural normal. Obviamente, que um iogurte com mais proteína sacia mais e, por isso, devemos analisar caso a caso. 

Se o Skyr veio para ficar, não sei! Como disse, não fiquei fã, apesar de os mirtilos terem disfarçado o sabor. :)



Até já!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Dia de são Valentim... Mas a minha comemoração é outra! :)

Hoje é o dia do facebook se encher com declarações de amor e dos restaurantes ficarem à pinha de casais. No entanto, a minha comemoração é outra. Faz hoje 10 anos que entrei dentro de um avião rumo à América do Sul, por tempo indeterminado. Apenas com o bilhete de ida e um bilhete fictício, de volta. Foram 10 meses de mochila às costas!

Nos dias que correm, a minha história já não é novidade, no entanto, há 10 anos atrás, uma miúda de 25 anos colocar uma mochila às costas e ir sozinha para um continente "perigoso", era no mínimo estranho. Passei por louca, diversas vezes, e até me aconselharam a procurar um psiquiatra; gozaram que estava a fugir do dia dos namorados e choraram comigo com medo do que se iria passar do outro lado do mundo. 

Não sei o que me fez partir, mas foi de um dia para o outro e, foi das melhores experiências da minha vida. Era para ter ficado até Agosto e acabei por apenas regressar no Natal (somente porque não sabia se o meu avô estaria vivo no Natal seguinte). 

Não vou conseguir em algumas linhas descrever o que foram esses 10 meses, mas posso afirmar que foi das maiores aventuras da minha vida; que cresci imenso; que me moldou e me tornou uma melhor pessoa; que me fez ser resiliente, paciente, tolerante e desenrascada. Uma aventura que me está ajudar nesta minha nova aventura de ser mãe de 3 meninas. Porque ser mãe também nos faz ser isto tudo. Não é preciso atravessar o oceano, mas para mim foi o empurrão que precisava na minha vida e que me deixou muita saudade. Saudade dos lugares que tive e, sobretudo das pessoas que conheci. 

Pode ser que daqui a 10 anos já consiga partir novamente, sem rumo, para outra aventura, noutro continente qualquer, mas desta vez com a companhia da minha família. 

Até já!




quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

O Lanche de Aniversário da C

Parece que é regra a mesa de aniversário das crianças estar cheio de doces, guloseimas e salgados. Se assim não for, é porque não é bom e os miúdos não vão gostar. E, coitadinhos dos meninos, que é dia de festa e, é só uma vez de vez em quando. Só que essa vez de vez em quando não é assim tão de vez em quando, quando passa a ser sistemático todos os fins-de-semana. 

E coitadinhos porquê? Já pensaram que se nunca tivessem experimentado uma fatia de bolo de chocolate não salivavam cada vez que olhavam para ela? 


Voltando à festa... Sou teimosa e não ia contra à minha essência, por isso, optei por arriscar que ficasse tudo intacto na mesa e preparei um lanche saudável. 

Para ter a certeza que ia ter doces com sucesso, fiz uma encomenda no Sem Espiga (que baseia-se numa alimentação saudável onde não usa açúcar, farinhas refinadas ou com glúten) que consistia em:
- Panquecas de banana
- Panquecas de abóbora
- Bolachinhas de maça
- Muffins de chocolate
- Muffins de banana
- Brownie de chocolate preto 
- Bombocas (a minha perdição) 

O bolo de aniversário, após algumas experiências, optei pelo bolo de limão e sementes de papoila da Jocooking. Apenas cortei na quantidade de açúcar de coco que ela sugeriu. 
Foi uma delícia ver uma das amiguinhas da C, que está habituada a comer todo o tipo de guloseimas, a deliciar-se com o bolo. :)

Fui eu que tratei do restante e optei por:
- Mousse de coco e frutos vermelhos
- Espetadas de fruta
- Pasta de hummus
- Palitos de cenoura
- Patê de salmão fumado
- Guacamole
- Requeijão
- Tostas 100% integrais
- Nachos apenas de milho e sal 
- Pão mistura (apesar de não ser o ideal, não quis abusar da sorte)
- Compota caseira de abóbora e canela; mel para os mais resistentes e dependentes de doce

Bebidas:
- Chá frio com hortelã
- Limonada 

Houve pessoas que provavelmente não adoraram (tipo a minha sogra hahaha), mas a maioria ficou curiosa por saber onde tinha comprado ou como fazia as receitas. Com passinhos de bebé a mentalidade vai mudando e pode ser que, daqui a uns anos, a regra seja uma mesa 100% saudável! :)

Até já!


Espetadas de Fruta
Bolo de Aniversário

Brownies e Bombocas

Palitos de cenoura e requeijão

Hummus
Muffins

Panquecas e Bolachinhas de maçã  
Guacamole 
Chá frio